Quer queimar gordura, fortalecer as pernas, os glúteos e o core? Kettlebell

kettlebell-workout-1280.jpg

Se Você é do tipo de pessoa que foge dos Kettlebells ou se limita a usá-los quando o coach coloca swings nos wods, está subestimando um grande aliado. Os kettlebells são equipamentos fantásticos que podem ser usados para uma infinidade de exercícios tanto de força quanto de condicionamento. Com uma carga média (20kg para homens e 12kg para mulheres) e intensidade moderada o atleta queima cerca de 400 calorias em 20 minutos de treino constante com kettlebell. A título de comparação o mesmo atleta queimará 25% menos de calorias em 30 minutos de corrida em uma velocidade de 11km/h.

Versátil

Os kettlebells são equipamentos extremamente versáteis. Além dos tradicionais swings usados no CrossFit em suas variações Russa e Americana, podem ser usados para exercícios isolados de musculação (remada, desenvolvimento, supino) ou dinâmicos como Turkish Get Up.

*No caso de dúvidas sobre termos/expressões consulte nosso “Dicionário do CrossFitter” LINK.

Portátil

Outra grande vantagem do kettlebell é a sua portabilidade. É inimaginável cogitar treinos diários em um parque ou na rua carregando para cima e pra baixo um conjunto de barbell (barra+anilhas+presilhas). No caso do kettlebell essa realidade é bastante conveniente e palpável.

A portabilidade permite que você treine em qualquer lugar enquanto a versatilidade te proporcionará um treino completo.

Queima gordura + fortalece as pernas, os glúteos e o core

Para demonstrar a amplitude do alcance dos benefícios do kettlebell tomemos como exemplo o movimento mais tradicional, o swing:

Para o desavisado que observa o movimento pode parecer que o exercício é basicamente braços, ombros e trapézio. Exatamente o contrário. O swing com o kettlebell é um movimento que consiste na ativação das escápulas na pegada, contração dos bíceps femurais e glúteos, selamento do core (abdômen e lombar) e explosão do quadril. Na variação Russa, em que o kettlebell é elevado até a altura dos olhos é bem possível que seus braços, ombros e trapézio praticamente não sejam requisitados. Já na variação Americana naturalmente serão, dado que o REP finaliza com a elevação do kettlebell na posição overhead.

Depois de alcançada a altura prescrita é só deixar a gravidade atuar e retornar o kettlebell para a posição inicial entre as suas pernas e repetir. Repetir até queimar todas as gorduras e fortalecer as pernas, o bumbum e o core.

Texto extraído do blog da Pood