6 erros comuns que Você deve evitar no CrossFit

Aulão-dia-Das-Mães-19.jpg

Treinar regularmente é uma das melhores e mais acessíveis medidas que você deve tomar em prol da saúde. Além de ficar em forma e desenvolver habilidades para as atividades do cotidiano, você reduz o risco de desenvolver doenças crônicas como diabetes e problemas cardíacos.

A chave é definir e entender as suas metas para traçar o plano correto de alcançá-las. Tenha sempre em mente que estar em movimento é melhor do que se manter parado. No entanto, você deve buscar se exercitar corretamente para colher os benefícios da atividade e não se colocar sob riscos desnecessários.

A seguir reunimos 6 erros muito comuns que você deve evitar durante os treinos:

Overtraining: treinar faz bem. Descansar é essencial. Superar limites significa sair da zona de conforto e se esforçar ao máximo dentro do razoável. Exageros e ignorar os sinais do corpo fatalmente resultará em lesões.

O que fazer? Ouça o seu corpo e ofereça a ele os nutrientes e tempo necessário para descanso e recuperação.

  1. Ignorar a técnica: independentemente do que você esteja fazendo: correndo, levantando peso, exercícios ginásticos, alongando; procure executar a técnica correta

O que fazer? procure orientação profissional de um coach preparado e siga suas orientações.

  1. Não aquecer: o aquecimento é essencial para preparar os músculos e as articulações para os exercícios que seguirão. Além de incrementar a performance é essencial para prevenir lesões

O que fazer? Foque os grupos musculares e articulações que serão mais exigidos durante o treino e os movimente de forma dinâmica. É essencial estimular o aumento da circulação sanguínea nos tecidos que serão trabalhados.

  1. Repetir sempre o mesmo treino: não é atoa que a definição e uma das virtudes do CrossFit é ser um treinamento constantemente variado

O que fazer? Inclua na sua rotina de treino estímulos diferentes alternando entre atividades cardiovasculares, movimentos com peso e treinos de força.

  1. Não treinar força: o treino específico de força é essencial não só para aumentar e tonificar os músculos, mas principalmente para proteger seus ossos e articulações durante exercícios e atividades cotidianas. Além disso treinos de força aumentam o metabolismo e auxiliam sobremaneira a perda de gordura

O que fazer? Consulte o seu coach sobre uma periodização adequada de força. É importante frisar que treino de força não se confunde com maromba, e pode ser feito inclusive com elásticos de resistência e halteres de baixas cargas.

  1. Não alongar: para muitos alongar é um saco, mas para todos alongar é necessário. O aumento da amplitude do movimento é essencial para incremento da performance e prevenção de lesões. O que fazer? Procure realizar rotinas de alongamento estático e dinâmico regularmente.

Você já sabe o que não fazer. Dirija-se agora para o que Você deve fazer: Movimente-se de forma consciente para colher saúde e boa forma. Busque sempre orientação de um profissional qualificado e respeite o seu corpo.

Texto extraído do blog da Pood