Café e CrossFit - Benefícios para os atletas

171103-coffeeworkout-stock.jpg

Consumido e adorado em todo o mundo

O café faz parte da rotina diária de milhões de pessoas ao redor do mundo. Desde a xícara de café coado de nossos avós, dos copos venti- Starbucks dos executivos de Wall Street, aos nitrocoffees* dos atletas de alta performance. Uns focando o prazer, alguns visando se manter alertas e outros buscando um combustível para elevar o corpo humano ao máximo desempenho.

*Nitrocoffee é uma bebida que concilia os benefícios do café e do nitrogênio. A mistura proporciona sabor e textura únicos e é considerada um poderoso combustível para o corpo humano. Originária do Texas/USA, é muito consumido em todo os EUA, Europa e Oceania.

Estudos científicos sobre o café

O alto consumo motivou milhares de pesquisas científicas que apontam uma série de propriedade funcionais benéficas do café: antioxidante, estimulante, anti-inflamatório. É importante ressaltar o interesse que desperta na comunidade científica, já que dão respaldo e credibilidade para as informações que envolvem o café.

Ressaltamos ainda que a recomendação é tomar café natural e não a cafeína pura ou as altas doses encontradas em pré-treinos. Isso porque além da cafeína o café possui inúmeros outros compostos de benefícios diretos e outros que neutralizam efeitos tóxicos da cafeína pura e em altas doses.

Benefícios do café para os atletas

Não é à toa que a cada dia aumenta o consumo de café entre atletas de alta performance e, consequentemente, entre os esportistas amadores. No CrossFit essa tendência não só é seguida como também difundida pelos principais atletas como um hábito saudável e eficaz. Mas de que benefícios estamos falando? As referências a seguir são para o consumo de 1 a 2 xícaras de café, uma hora antes do treino:

  • reduz dores musculares: estudos da Universidade de Illinois e /Georgia apontam redução de 48% na percepção de dores pós treino. Resultados superiores ao consumo de aspirina (30%).
  • melhora o endurance: estudos científicos apontam redução superior em 5% da percepção de fadiga com consequente incremento de até 11% da performance em atletas.
  • aumento do foco: atletas mais focados são mais produtivos e eficientes durante os treinos.
  • queima de gordura: o café não só possui propriedades que aceleram o metabolismo como também inibem o apetite.
  • prevenção de doenças graves: o café possui comprovadas propriedades antioxidantes, cuja correlação é inversa com a incidência de doenças como diabetes, Parkinson, Alzheimer e câncer.
  • preserva os músculos: pesquisas da Universidade Coventry apontam que a cafeína retarda a perda de força dos músculos causado pelo avanço da idade. A preservação da força também reduz o risco de lesão nos músculos.

Quando e como tomar café

Essas recomendações visam potencializar os efeitos positivos do café no seu corpo:

  • Tome o café antes do treino: prefira o consumo do café uma hora antes do seu treino diário. Esta é a referência da maioria dos estudos científicos associados à atividade física.
  • Limite o consumo diário ao correspondente a 1 ou 2 xícaras de expresso: como qualquer substância, o excesso de café pode fazer mal para o seu organismo.
  • Café sem açúcar e sem creme: prefira o consumo do café sem adição de substâncias puramente adoçantes ou saborizantes. Se não apreciar o café puro, misture ingredientes com valor nutricional, energético ou nitrogênio (nitrocoffee).

Texto extraído do blog da Pood